Recomendações do dia


Ok minna, eu acabei de voltar da minha festa de pijama que foi mutio divertida, mas de algum modo aquilo que eu tenho para dizer no momento conseguiu deixar-me ainda mais entusiasmada do que isso: as novidades sobre o Shiro, de Voltron [www www www www]. Alerta: representatividade maravilhosa (quem quer saber de spoilers?). 

Como prometido, cá estou eu para tentar dar continuadade à minha coluna de recomendações do dia ;)

Artigo do dia: [www]
É um artigo que eu cheguei a traduzir sobre dicas para respeitar pessoas trans - dicas práticas, já que eu tenciono usar esta categoria das recomendações para vos sugerir leituras com alguma utilidade no dia a dia. No caso, isto é um post originalmente em inglês que eu traduzi para o equivalente em português, adicionando até explicações rápidas. É algo que eu agradecia mesmo que toda a gente lesse, porque corrige pequenos detalhes em que mesmo pessoas bem intencionadas falham sem querer, por desconhecimento, implicando algo que não é verdade ou é até ofensivo. É um post curtinho, a sério. Se tiverem dúvidas sobre qualquer ponto, é só perguntar.

Vídeo do dia: [www]
Eu já há uns tempos que ando a seguir cada vez mais vlogs de estilo de vida, com temas que rondam obter um estilo de vida saudável, destralhar a casa e ter um ambiente agradável, self-care e motivação/estudo/trabalho. São muito úteis. Contudo, destaco esse vídeo da Lavenderie porque me fez aprender algumas coisas que nunca tinha visto em vídeo nenhum: Há certas tarefas que por alguma razão custam particularmente a começar, mas decompondo a tarefa em tarefas mais pequenas, algo no nosso cérebro começa a encarar o trabalho como mais simples/concretizável, ficando mais disposto a colaborar. Agora, eu já tinha uma certa noção disso, mas o exemplo que a youtuber deu foi o que fez a dica clicar para mim: Com tarefas simples, isso não quer simplesmente dizer dizer um relatório em secções que possamos fazer e trabalhar isoladamente. Quer dizer coisas como definir os pontos dessas já pequenas secções. Quer dizer abrir o próprio documento word - sim, isso pode ser suficiente para nos motivar a trabalhar "mais um bocadinho". E após estra a trabalhar durante vários "bocadinhos", já estamos no ritmo e mood para continuar e tentar arrumar a questão. E essa é só uma dica de várias.

Artista do dia: [www]
Henn Kim foi uma artista que eu provavelmente conheci como recomendação feminista, e que toca em temas como relacionamentos, sofrimento, e mulheres no geral. Desenha até coisas como metáforas para genitais - algo que pode ser empoderador para mt gente, mas fica também como aviso caso alguém esteja a lidar com disforia e prefira evitar esse tipo de coisa. Em todo o caso, a temática está longe de ser o único ponto forte. Em termos técnicos, é uma arte que brinca com ilusões de ótica, pintada a preto e branco (sem escala cinza, só mesmo preto e branco puro), desenhando coisas inteligentes como um gira-discos que pode ser visto como uma piscina ou pessoas em que certas partes do corpo - até a cabeça - são substituídos por outros elementos. Também incorpora frequentemente elementos da natureza, ou vintage. 

Comentar com: ou

Sem comentários: