Ohayou minna-san! Aqui é a Any, do {Forever Sapo}. Este é um blog onde direi, sem compromissos, qualquer coisas que me venha à cabeça, através de posts desconectados entre si. É só uma forma de matar saudades da blogosfera.

20 julho 2017

Rivalidade feminina


Então sapinhos... ESTOU DE FÉRIAS DA FACULDADE! 
Eu já tentei usar algum tempo para responder a comentários que achei particularmente relevantes, mas não funcionou muito bem porque... eu escrevia o comentário, enviava, e ele simplesmente não aparecia. Então eu estou a pensar em pelo menos despachar coisas relevantes dos comentários antigos num post, e começar a fazer isso relativamente a todos os futuros comentários: responder a coisas mais importantes através de postagens. Assim ninguém se sente negligenciado ^^ E para que conste, eu leio sempre o que vocês escrevem e ex-Hannah Yuki, bem vinda de volta à blogosfera ;) A sua faculdade nem sequer é assim tão longe da minha, é no porto na mesma, mas eu ando no ISEP.

Hoje vim falar sobre uma questão bastante esquecida, até mesmo em páginas feministas: rivalidade feminina. O que me motivou a escrever sobre isto foi um vídeo no [Canal das Bee], já não sei qual, que não só dizia coisas bem pertinentes sobre o assunto como me fez lembrar de várias coisas que provaram que, sim, rivalidade feminina existe e é preocupante. Cá vai:

09 junho 2017

Olimpíadas da opressão?


Oras... há quanto tempo, não é?

A faculdade tem sido, nas palavras de um amigo meu, "tortuosamente divertida": tenho estado mesmo muito ocupada mas adoro os trabalhos de grupo que fazemos simulando que estamos a trabalhar para uma empresa. Acontece que hoje o meu pc deu a louca e os programas congelam a cada linha de código que escrevo, então eu desisti - e como já estava na altura de ter um computador que aguentasse com programas pesados, amanhã vou ter o meu novo bebé! :3 Portanto hoje aproveito para procrastinar.

Volta e meia, ainda consigo absorver conhecimento sobre principalmente questões lgbt+, e o que eu venho comentar hoje acaba por ser um post introdutório a questões mais pesadas que eu já era para ter abordado (mas que são tão extensas que ainda nem tive coragem de terminar o post xd). Basicamente, vim falar um pouco sobre como a homofobia não é a única forma de lgbtfobia, e vim explicar de que modo os vários tipos se podem combinar ou ser manifestados até por pessoas lgbt+. Acima de tudo, vim apresentar uma espécie de hierarquia, mas deixo já o aviso de que não tenciono alimentar a narrativa de que certas formas de preconceito são piores que outras - aliás, até me oponho bastante a essa linha de pensamentos. 

O que me motivou a escrever o post foi [este] artigo. É realmente bom e mostra que a pessoa sabe do que está a falar, então recomendo a leitura para um entendimento mais profundo. O que eu vou fazer aqui será basicamente resumir alguns pontos importantes, mas comentar coisas que não considero que sejam tão absolutas quanto foram apresentadas. 

Design por @Anilyan Leounear.
Conteúdo e edição originais.
É favor não plagiar ^^