Ohayou minna-san! Aqui é a Any, do {Forever Sapo}. Este é um blog onde direi, sem compromissos, qualquer coisas que me venha à cabeça, através de posts desconectados entre si. É só uma forma de matar saudades da blogosfera.

20 dezembro 2016

Zueragem lgbt+


Eu tencionada trazer novidades sobre as coisas que ando a acompanhar, mas quero ver o último ep de Yuri on Ice para o comentar melhorzinho - btw, já respondi a todos os comments do último post, e pretendo pelo menos também responder aos do anterior a esse. Então, hoje vou aproveitar para quebrar as vibes problematizadoras dos posts anteriores e provar que, não, lgbt+ não é só um monte de gente chata. A postagem tem 2 propósitos:

1) Mostrar que a comunidade lgbt+ tem um grande sentido de humor, e que não é, na verdade, um problema fazer piadas com quem é lgbt+ - se a piada não desvalidar ninguém e vier da parte de uma pessoa que está relativamente por dentro do assunto, zueragem é bem vinda. Aliás, muitas vezes são as próprias comunidades a troçar de si mesmas.

2) Partilhar as ditas piadas, porque eu morro se rir com coisas que só quem é lgbt+ ou está dentro do meio tende a entender, e eu não aguentava mais guardá-las só para mim. Então, a piada pode estar em inglês (caso o humor se perca na tradução) ou português, eventualmente será acompanhada de uma imagem associada (caso contrário, não prometo resistir aos gifs), e explicações que eu ache necessário assinaladas com asterisco. Diferentes piadas estão separadas por uma linha em branco.

[something]sexual Bingo: clicar para aumentar
*quadros de bingos sobre coisas pejorativas que todas as pessoas de determinada sexualidade ouvem ao longo da vida, algumas coisas tão ilógicas que chegam a ser hilárias.

imagem não-relacionada,
mas o poema era lindo
Bissexualidade: Quando héteros acham que você é gay e homossexuais acham que você é hétero. Quando héteros acham que você não existe e homossexuais acham que que você tem privilégio-hétero.

Vendo alguém a usar um anel negro: o-o
*explicando» Anéis pretos são uma espécie de "símbolo assexual", ou seja, que foi combinado para assexuais assinalarem que o são. A ironia é que, se uma pessoa que reconhece o símbolo vê alguém a usar um anel preto, não consegue saber se a pessoa é ace ou se foi só coincidência.

"Hoje eu estava a andar com dois dos meus amigos e tinham os braços cruzados, e uma é lésbica, outro é ace e eu sou pansexual, então sussurrei: somos os queer mosqueteiros."

Pick up lines assexuais para o dia de São Valentino:
*algumas destas piadas são mais sérias, mas um grande número pega em frases aparentemente mais atrevidas e modifica-as de forma a ficarem fofas e deixarem de ter um conteúdo sexual.

Imagem nada a ver
"Eu escolhi o bolo" = "Sou assexual"
*Uma das formas de sair do armário por parte de assexuais é usando essa frase (embora talvez nem toda a gente capte o sentido). Porquê? Porque num fórum ace bastante conhecido, AVEN, uma vez foi feita a pergunta "O quê que é melhor que sexo?" Os assexuais alinharam na brincadeira óbvia e um número enorme deles respondeu "bolo".

Imagem nada a ver
Qual é a diferença entre bissexuais e unicórnios?
"Vejo bissexuais na tv e bissexuais não" - diz uma pessoa
"E os unicórnios são chamados de 'unicórnios', não de 'cavalos que não gostam de labels'" - acrescenta outra
* Isto é uma crítica à invisibilidade bi, pois mesmo quando aparecem na televisão personagens que claramente são multissexuais, a palavra bi ou pan ou poli nunca é dita, sendo que as próprias personagens se consideram sempre héteros ou gays, ou então dizem que não gostam de labels (como se hétero/gay/lésbica não fosse uma label e só bissexual, a palavra suja, fosse limitadora em comparação), noção reforçada pelos atores ou atrizes.

Versos pansexuais intraduzíveis
*Pansexual: Pessoa multisexual que sente atração por todos os géneros
Outra crítica à invisibilidade bi:

Provavelmente a melhor resposta que se pode dar a um idiota:
"Omg nem consigo imaginar como é ser [insira sexualidade ou género], deve ser terrível"
"Nem consigo imaginar como é ser ignorante, deve ser terrível"

Robôs icónicos de star wars com os nomes a assemelhar-se a sexualidades ou identidades de género:
* Aqui a associação para quem não chegou lá sozinho:
  • C-3PO - Pansexualidade (no espectro da multissexualidade)
  • BB-8 - Identidade de género não-binária
  • R2-D2 - Demissexualidade (no espectro da assexualidade)
  • BB-8 - Assexualidade
  • BB-8 - Homossexualidade (mais especificamente, ser gay)
  • BB-8 - Bissexualidade (no espectro da multissexualidade)
  • R2-D2 - Arromanticidade (equivalente da assexualidade, mas para atração romântica)
  • BB-8 - *fingindo que entendi este: pelas cores, ou é relativo a mulheres trans, ou está a troçar de uma das possíveis bandeiras hétero+
  • R2-D2 - Identidade transgénero

A ironia de recepções hipócritas:
Pessoa 1: "Sou hétero"
Sociedade: "Ótimo!"
Pessoa 2: "Sou asexual"
Sociedade: "Whoa. Não te limites com labels"

Se conversar sobre sexualidade fosse conversar sobre comida:
Heterossexual: "A minha comida favorita é pizza"
Homossexual: "Boa! A minha é pudim"
Bissexual: "Eu gosto das duas" *OBS: bissexuais podem gostar de mais de 2 géneros, but...
Pansexual: "Eu não tenho uma favorita. Como o que achar bom para mim"
Assexual: "Eu gosto mais do cheiro e da aparência do que de comer"
Ignorante: "Mas que raios é que estão a discutir, seus nojentos? Vocês que não gostam de pizza vão para o inferno! O ser humano foi feito para gostar de pizza, vocês são nojentos!"


Assexuais, explicados num imagem:
*Aqui vai a explicação das imagens, começando pela fila de cima:
  • O que a sociedade pensa que faço - refere-se à acusação de "Assexuado, você é uma planta?" ou "O quê, você faz reprodução assexuada?"
  • O que mamãe pensa que faço - refere-se à noção de que assexuais são celibatários, colocando a religião acima de tudo
  • O que meus amigos pensam que faço - refere-se à acusação de que assexuais têm medo de sexo
  • O que as outras pessoas pensam que faço - refere-se à noção de que assexuais são "virjões", otakus/geeks/nerds/gamers que preferem as suas waifus e husbandos 2D
  • O que eu penso que faço - refere-se ao comum desinteresse por sexo por parte de assexuais
  • O que realmente faço - refere-se à piada de que "bolo é melhor que sexo", explicada numa das piadas anteriores


Expectativa VS realidade:
*ou: quando você tem esperanças na representatividade de um filme, mas ele é tudo menos diversificado (e se disser que não pode piorar, até a pouca representatividade que tem consegue ser estereotipada e o filme ainda é considerado progressista!)

A luta eterna: "estás a flertar comigo ou somos só melhores amigas nível máximo com uma dose extra de 'por favor, sê gay'"? *OBS: até eu já senti isso, haha, é a conhecida crush em raparigas hétero >.< 

Melhor recepção do mundo:
"Então, eu tenho um irmão e uma irmã, e quando recentemente saí do armário como não-binário, a reação da minha mãe foi 'oh yes, completei a coleção!'"

Quando rads tentam convencer pessoas trans de que cederam a lavagem cerebral: *Meio que basta ler a imagem, mas para quem não está a par, há feministas transfóbicas/radicais - ou seja, as rads ou TERFs ou TWERSFs que acham que ser transgénero embate contra o que o feminismo defende, pois feministas defendem que comportamento/roupa/outras caraterísticas não definem género e acham que uma pessoa só se considera trans por causa de fatores externos, ignorando completamente a auto-identificação. Então, elas acham que mulheres trans são na verdade 'homens de saia' ou que só gostam de roupas femininas, e que homens trans são raparigas normais que estão confusas porque o seu estilo pessoal é considerado masculino, gerando uma onda de ódio por conta daquilo em que acreditam. E, claro, desvalidam completamente identidades não-binárias.

"Bi significa 2!" 
"O cavalo marinho não é um cavalo"
* A imagem à direita critica o facto de muita gente dizer que ser bi é ser transfóbico/reforça uma falsa binária de género/a pansexualidade é a bissexualidade aperfeiçoada porque bi significa 2. Essas pessoas parecem esquecer que:

  • a) as palavras nem sempre significam o que parecem, com no exemplo da imagem, ou do elemento químico Bismuth que tem muito mais que 2 cores, e isso é aceite por cientistas, so...
  • b) o significado das palavras muda com o tempo, e bissexual foi criado numa altura em que só se reconheciam 2 géneros, mais tarde (desde os anos 60 pelo menos) adquirindo uma definição mais inclusiva para se adequar à realidade das pessoas que abrangia
  • c) a palavra bissexual - tal como outras dentro da comunidade lgbt+ - não foi criada pela comunidade e o seu significado pejorativo, apenas sendo apropriada mais tarde, então é natural que tenha defeitos (não sei porquê que nesse caso só essa palavra e criticada, mas viva a hipocrisia da gente *cof* não-bifóbica *cof*)
Isto dito, não digo que a label deva invalidar outras labels multisexuais, mesmo quando há uma certa sobreposição dos significados. A partir do momento em que uma pessoa se identifica com uma label em vez de outra, torna-se necessário que a palavra exista para deixar as pessoas confortáveis, então não, pansexualidade não é o mesmo que bissexualidade. Ter uma definição mais inclusiva não anula a existência de outros nomes, como dito {aqui}.

Mulheres bissexuais, explicadas num imagem:
*Aqui vai a explicação das imagens, começando pela fila de cima:
  • O que a sociedade pensa que faço - refere-se à noção de que mulheres bi se beijam em festas para atrair a atenção de rapazes
  • O que a mãe pensa que faço - ser basicamente hétero
  • O que lésbicas pensam que faço - refere-se à acusação de que mulheres bi são héteros mentirosas que não merecem estar na comunidade lgbt+
  • O que os meus amigos pensam que faço - apreciar outras raparigas
  • O que a sociedade pensa que faço - refere-se à ideia de que mulheres bi são "unicórnios" interessadas em ter sexo casual com um casal hétero já formado, vulgo threesomes
  • O que realmente faço - tal e qual eu, a ler no sofá e gatos no colo >.<

Imagem não completamente
relacionada mas é a melhor
crítica de sempre!!!!
Trocadilhos com a palavra bi ou relacionadas (ou seja, puns):
*É uma das coisas que a comunidade bi mais se gaba de fazer, mas só funcionam em inglês, então não vou traduzir as frases:
- "My friendes hate it when I make bi-puns because they could go either way"
- What to say to a bi friend: "When you came out to your mom, it must have taken her... bi surprise"
- How do 2 bisexuals say goodbye to each other? Bye bi!
- To bi or not to bi? *nota: Shakespeare era bissexual, então nós pegamos na frase dele e alteramos
- "Bisexual girls could be alteratively called more-or-less-bians"
- "Bisexuality is the must pun-rich sexual orientation", "What do you mean bi that?"
- "Bisexual privilege: being able to say 'all bi yourself' when you're single"

Triforce do a-spec:
* A triforce é um símbolo dos jogos de zelda, um triângulo maior constituído por 3 triângulos mais pequenos, que simboliza uma grande fonte de poder e o equilíbrio entre 3 forças menores. Então, nesta imagem está uma triforce constituída pelas bandeiras da assexualidade (com roxo), arromanticidade (com verde) e aplatonicidade (com amarelo). Basicamente, uma pessoa que não sinta atração nenhuma detém o poder máximo xD

Tirinha que mostra que assexuais sofrem com todos os tipos de preconceito:
* Esta tirinha não é exatamente divertida, é mais do tipo "humor negro", pois reforça a ironia da se ser assexual: muita gente (bem parva) de fora E de dentro da comunidade lgbt+ acham que os assexuais nem sofrem opressão, que não precisam de recursos e não deviam ser parte da comunidade lgbt+. A ironia é que, apesar de poucos estudos e organizações terem os assexuais em conta, os poucos que o fazem já repararam que a assexualidade é provavelmente a sexualidade mais discriminada, talvez até por ser um termo recente (surgido por volta de 2000), pois não só sofrem com ataques (micro ou macroagressões) específicos, como são alvo das mesmas críticas que todos os outros grupos dentro da comunidade lgbt+, e ainda por cima são sempre invisibilizados.

Memes com assexualidade:

Isto provavelmente é inexplicável mas para mim faz tanto sentido >///<

Imagem aleatória com
trocadilhos aos quais
não resisti xD
Analogia para a bissexualidade:
Lobisomem: sou um lobisomem.
Pessoa: Ok então quando estás na forma humana és humano e quando estás na forma de lobo és um lobo.
Lobisomem: Não, sou sempre um lobisomem, independentemente da circunstância ou aparência. Forma humana = lobisomem. Forma de lobo = lobisomem.

Analogia para a bissexualidade (2):
Ao misturar vermelho e azul obtém-se roxo.
Roxo não é referido como metade vermelho e metade azul, porque é uma cor própria.
O mesmo se aplica à bissexualidade.

A lógica cisheteronormativa mais falhada que já vi:

Imagem adorável que passa uma mensagem importantíssima e tem um bom trocadilho:
Support your sisters, not just your cis-ters.
* Para quem não percebeu o trocadilho, "sis" foi trocado por "cis" pois cis é o oposto de trans, ou seja, uma pessoa cis é alguém que se identifica com o género que lhe foi atribuído à nascença. Esta imagem basicamente está a dizer para oferecer suporte às nossas irmãs (seja no sentido de família, seja no sentido de mulheres suportarem outras mulheres) independentemente de elas serem cis ou trans, respeitando a sua identidade feminina.
* A propósito do trocadilho aqui feito, é dito muitas vezes que pessoas trans (ou não-binárias, ou travestis, etc...) sofrem uma opressão "cistemática", ou seja, opressão sistemática por parte de uma sociedade cisnormativa, uma vez que só as questões cis são tidas em conta e são consideradas normais.

Lembrete importante:
* A imagem quer basicamente criticar a imagem mais espalhada de pessoal não-binário. Usualmente, as pessoas não binárias são retratadas com uma aparência harmoniosamente andrógina, magra, com muitos piercings, penteados modernos e cabelos coloridos. Contudo, nem todas as pessoas não-binárias (ou mesmo trans num geral) são obrigadas a atender esses estereótipos de androginidade, e às vezes, em vez de suprimirem traços masculinos e femininos, até acabam é por ressaltar mais ambos. É importante combater estilos delicados como os únicos que devem ser reconhecidos e permitir que toda a gente explore a sua expressão de género  - independentemente do género com que se identificam.

A lógica TERF (2)
* Lembrando de novo que TERFS são as feministas radicais que excluem pessoas trans do seu feminismo. Mais concretamente, esta imagem aponta as diferenças entre uma pessoas que é rad e uma pessoas que é verdadeiramente feminista - enquanto que a primeira proclama abolir o género, não tem nenhuma ideia concreta de como o fazer pois sabe que isso facilitaria a vida de pessoas trans e não-binárias, e não está disposta a fazê-lo. Já a segunda reconhece que género é uma construção social, mas que nem por isso tem menos impacto na vida das pessoas e é preciso tomar atitudes que facilitem e sejam inclusivas das identidades mais atacadas.

Quando uma pessoa idiota diz que não se pode shipar a personagem com alguém do próprio género, porque já esteve com pessoas do género oposto... -.-
* Para quem não entendeu, a lógica acima é basicamente de gente que acha que a partir do momento em que as personagens estão com alguém do género oposto/próprio, são automaticamente hétero/homossexuais. Esquecem-se de que é possível sentir atração por mais do que um género, então o meme mostra as bandeiras da bissexualidade e pansexualidade >.<
OH, ESQUECI-ME DE DIZER UMA COISA IMPORTANTE! O MEU "EX MACHO-ALFA" - como diria a hinata, pois é meu ex-namorado e melhor amigo - FAZ ANOS E QUERO TODA A GENTE A DAR-LHE OS PARABÉNS ASSIM QUE LEREM ISTO!
Design por @Anilyan Leounear.
Conteúdo e edição originais.
É favor não plagiar ^^